segunda-feira, 2 de julho de 2018

Primeiras Impressões - Hitman


Nova obra de Seo Kouji mostra um pouco sobre o universo dos mangás na Kodansha

Seguindo a vibe de retornos do Dollars, eis que hoje aproveito para retomar as Primeiras Impressões dos mangás e, como não pode deixar de ser, irei começar com uma obra que saiu recentemente, mas só agora consegui ler ela com calma e tecer os comentários sobre a obra.
Então, sem mais delongas, vamos as primeiras impressões sobre o mangá Hitman da autoria de Seo Kouji (autor de Fuuka). Se acomodem e vamos ao texto.

Sinopse:
Kenzaki Ryuunosuke é um novo editor na Weekly Shounen Magazine, mas seu amor por séries não populares faz que ele não seja popular com seus colegas. Ele conhece a Takanashi Tsubasa, uma aspirante a mangaka, e ele tenta provar para ele mesmo fazendo ela se tornar a mangaka número um do Japão.

Considerações gerais:

Creio que nem seja tão necessário começar com dados técnicos, mas vamos a eles para tornar tudo mais fácil. Escrito e ilustrado por Seo Kouji, Hitman começou a ser publicado na Weekly Shonen Magazine na issue #29 desse ano e teve 67 páginas em seu primeiro capítulo - com direito a capa digital da revista. Dito isso, podemos prosseguir para os comentários sobre o mangá em si.
Devo dizer que essa é a segunda obra que eu leio do autor, mas aqui senti uma firmeza bem maior com relação ao personagem principal. Ele soube criar um protagonista que esbanja bom humor e força de vontade, cumprindo bem o que se espera de alguém que tem a função de guiar a história, além disso a heroína da história também foi apresentada de uma forma bem legal; mesmo acreditando que ele irá explora-la melhor futuramente.
Contudo creio que o principal charme do roteiro seja o cenário de fundo da história, pois usar todo cenário editoral da Kodansha dá um certo ar de Bakuman na principal concorrente da Shonen Jump. Sério, esse é um pano de fundo que consegue me prender como leitor e, ao longo das 67 páginas iniciais, funciona com uma maestria ímpar, em especial quando pensamos em como o autor sabe trabalhar toda a questão de uma forma interessante e bem pensada. Isso é bem demonstrado quando ele faz citação a uma revista da editora que é voltada para o setor de moda. 
Antes que eu esqueça, vale um adendo bacana que é o fato do autor fazer uma inserção rápida do pessoal de Fuuka no roteiro (se eu estiver errado, me perdoem, mas pareceu muito na cena). Cenas assim provam que o autor consegue encaixar suas obras em um mesmo universo sem soar forçado e sem tornar obrigatório acompanhar, porque se eu não estivesse lendo Fuuka nem notária tal momento, mas ele seguiria sendo divertido pela situação que ele gera.


Além de um roteiro que começa acertando em ambientação, posso dizer que ele também acerta em apresentar os personagens de forma geral. Quer seja nosso protagonista Ryuunosuke, quanto todos os secundários, o Kouji-sensei consegue criar personalidades únicas e que despertam a vontade de acompanhar o que virá a seguir. Você fica curioso para ver até onde ele irá explorar a narrativa e se ele seguirá com o ritmo apresentado nesse início.
Quanto a arte, creio que nem precise falar muito, porque o Seo consegue fazer uma arte competente que cumpre bem o que se propõe e cria personagens únicos até em aparência e expressões. Aqui temos desde personagens que demonstram claramente sua frieza até a personagens mais expressivos, contudo é uma junção que personalidades que ajuda na riqueza do roteiro.

Afinal, vale a pena?
Sinceramente, sim. Afinal, é uma obra que dá para ler rápido e descontrair, sendo altamente recomendado para quem curte o estilo do Seo Kouji ou quer algo mais leve e divertido. Não é aquela obra que começa pesada ou cheia de ação, porém é uma obra que tem uma pegada mais slice pendendo para a comédia romântica, ou seja, recomendo mais para galera que curte esses estilos.
Se você é fervoroso da ação ou semelhantes, leia Orient ou Eden's Zero que podem ser mais seu estilo de mangá; porém garanto que quem der uma chance para Hitman não se arrependerá.
Postar um comentário

Follow by Email