domingo, 7 de outubro de 2018

Primeiras Impressões - Hinomaru Zumou


O animê de esporte que, apesar de tudo, merece seu espaço

Acharam que não teríamos primeiras impressões nesta temporada? Acharam errados! Enfim chegamos na season de Outubro, conhecida como Fall Season, e com ela temos novidades que merecem comentários por aqui. Claro que não falarei de todas as obras, mas selecionei algumas que pretendo acompanhar para comentar com vocês.
Para começarmos com pé direito, vamos falar de uma obra que já é bem conhecida aqui no site e todos vocês me viram depositar muito ânimo quando anunciaram animê da obra! Vamos comentar, hoje, sobre Hinomaru Zumou.
Então peguem seus mawashi e vamos lutar!

Sinopse:

Um ritual divino, uma arte marcial, um esporte isso que é combate no sumô!! O "pequeno" novo aluno, Ushio Hinomaru, aparece perante ao fraco e pequeno clube de sumô do Colégio Oodachi! As palavras "grandes" e "pesados??" são as regras para esse esporte, que não se encaixam em nenhuma polegada desse novato, mas esse garoto quer o que no clube...!?
Ushio e o pequeno clube de sumô começa a trilhar seu caminho para o topo! O objetivo é Hinoshita Kaisan! O título de maior lutador de Sumô!

Considerações Gerais:


Primeiramente, devo começar este texto comentando que meu hype para o animê está bem moderado, em especial depois de ver o estúdio responsável pela adaptação. Nem o trailer que saiu conseguiu me comprar sobre a possível qualidade que a obra teria em versão animada, porém, após o primeiro episódio, posso admitir que foi uma experiência que superou até minhas expectativas mais otimistas, em especial por terem conseguido entregar algo bem concreto.
O roteiro está bem adaptado e consegue se sustentar neste episódio inicial, nos mostrando que o roteirista soube criar uma construção inicial convincente e que não compromete a narrativa. Sem contar que não ficou algo corrido ou atropelado, provando que houve um cuidado em não criar um rush desnecessário neste primeiro momento. 
Claro que não serei hipócrita, eu sei que no decorrer dos episódios haverão os temidos rush de momentos e as lutas serão bem mais rápidas que no mangá. Contudo é importante já adiantar que isso se dará porque no mangá as lutas ocorrem de uma forma mais demora, contudo sumô é um esporte ágil e que costuma acabar tão rápido quanto se iniciou, devido a isso toda parte de confronto tendem a seguir um rumo de segundos.


Quanto a animação, podemos dizer que o nível está bem na média e dinâmica, não temos tantos frames parados e raros os momentos em que há uma real animação inconsistente, porém mesmo assim há momentos que temos essa inconstância de uma forma bem nítida. Porém acredito que isso se deva ao fator da produção deixar meio evidente que foi todo trabalho feito de uma forma apertada (tal qual Muhyo to Roji na temporada passada), todavia a diversão segue e isso vale a pena.
Agora com relação ao conjunto da obra (porque né, não dá para ser técnico demais), dá para evidenciar que a obra segue com a mesma diversão e carisma do mangá. Os personagens conseguem transmitir seus trejeitos de uma forma efetiva e os dubladores são bem encaixados, destaque para o dublador do Hinomaru, que dá aquele ar vivaz ao personagem e deixa bem evidente aquele jeito determinado de protagonista. 

Afinal, vale a pena?


Sendo bem direto, este é um animê que eu recomendo, em especial, se você estiver atrás de algo relacionado a esporte ou algo para se divertir bastante, mesmo que sem compromisso. Porque, basicamente, é isso que Hinomaru Zumou é, uma obra despretensiosa e divertida que vale cada minuto do seu tempo (já disse isso inúmeras vezes aqui no Dollars).
Agora, caso você queira algo mais cabeça ou hypado, procure outra obra, pois aqui temos uma animação que foi desmerecida desde o primeiro momento e, mesmo assim, provou com maestria a que veio e isso merece ser destacado. 
No fim, posso adiantar que o início conseguiu me capturar e me incentivou para seguir assistindo, serão 24 episódios que podem tornar ainda mais interessante o conteúdo que já é bem feito no mangá.
Sendo bem direto e reto, vale muito a pena, em especial se você estiver atrás de uma obra sobre um esporte diferente e que divirta. Dá para dizer que Zumou merece sua atenção por todos os pontos que citei aqui e por tudo que falo da obra no site desde quando comecei meus textos sobre a série por aqui. 
Claro que, caso você não curta sumô ou queira algo mais sanguinolento esse animê não é recomendado para você. Ele é algo que merece ser aproveitado como um bom animê de esporte e, no mais, ele entrega o que promete de uma forma competente conseguindo gerar uma empatia, mesmo sem ser aquela promessa. 
Postar um comentário

Follow by Email