segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Primeiras Impressões - Domestic na Kanojo



O triângulo amoroso que saiu dos mangás por sorte

Admito sem receio - e logo no começo deste texto - essa obra que falarei hoje é uma surpresa para mim, pois até o anúncio ser feito no ano passado eu acreditava, piamente, que a obra nunca ganharia adaptação televisiva pelo conteúdo mais limite dentro de sua antologia base. 
Contudo, a vida é feita de surpresas e essa aqui é uma delas né. Então, nem me estenderei muito neste começo para explorar melhor o conteúdo que tenho em mãos. Logo, vamos comentar sobre Domestic na Kanojo, o romance da temporada (ou um deles).

Sinopse:

A história gira em torno de Natsuo Fujii, um adolescente do ensino médio que está apaixonado por sua professora, Hina. Tentando esquecer seus sentimentos em relação a ela, Natsuo vai para um encontro de casais com alguns colegas de classe, lá ele conhece uma misteriosa garota chamada Rui Tachibana. Em uma estranha reviravolta, Rui pede a Natsuo para sair com ela e lhe fazer um favor. Para sua surpresa, o destino deles é a casa de Rui - e o pedido da menina é para que ele faça sexo com ela. Não há amor por trás do ato; ela só quer aprender com a experiência. Pensando que isso poderia ajudá-lo a esquecer Hina, Natsuo concorda hesitante.

Considerações Gerais:

Resultado de imagem para domestic na kanojo anime

Acho válido começar essas considerações evidenciando que essa obra é escrita e ilustrada por uma mulher. Sim queridos leitores Kei Sasuga é uma moçila e que já rendeu polêmica pela forma como conduz suas histórias - que geralmente são romances com pitadas de drama. A partir daí você já tem uma ideia do que esperar adiante de Domestic na Kanojo (ou Dome na Kano para os íntimos).
Dito isso, vamos ao que interessa; partiu comentar o que, afinal, esta obra tem de tão interessante em seu primeiro episódio que causou até certa empolgação neste que vós escreve. Afinal de contas, se uma obra gera expectativa ela precisa, obrigatoriamente, corresponder a empolgação gerada e ainda criar um bom gancho para o próximo episódio, certo? Errado! E um erro rude, sejamos honestos. 
Aqui temos uma obra que, desde seu primeiro trailer, deixou claro do que se tratava e como pretendia abordar isso. Não foi explicito, porém foi feito de uma forma honesta e esse primeiro episódio é bem evidenciado essa honestidade de enredo, pois é tudo reproduzido de uma forma linear e que trabalha bem seu ritmo, conseguindo gerar aquela curiosidade que prende o espectador na tela. É um animê que cumpre seu papel de forma aceitável para apresentar os personagens e não compromete o resultado final nesse primeiro momento.

Resultado de imagem para domestic na kanojo anime

A forma como ele encaixa os personagens segue, a risca, o que o mangá nos apresenta e isso, de uma forma mais simplista, é bom; porque mostra que houve um cuidado em honrar o material de origem e ainda assim não tentou ousar demais, o que ajuda a compreender alguns pontos do estúdio responsável - como a limitação de entrega narrativa -, todavia é algo que também ajuda a termos todos os personagens agindo sem muita surpresas e sem entregar demais (que em romances pode estragar as coisas). Logo, temos uma apresentação que, mesmo na média, faz seu trabalho de forma bem pensada e executada merecendo sim os devidos parabéns.
Com relação a animação, dá para dizer que é o padrão que o diomedea tem a nos oferecer, ou seja, é mediano e não oscila (muito) de qualidade. Quando isso ocorre é imperceptível e discreto, o que ajuda a manter tudo nos conforme e dentro do que se espera. O lado bom é que nem os frames parados prejudicam a diversão que a série possuí, sendo algo legal.
Agora, com relação a parte musical, aqui podemos dizer que é um pouco acima da média e possuí sim uma sintonia legal com a obra, assim como uma estrutura competente - porém o que rouba mesmo a cena são as  músicas temas que viciam e nos deixam querendo ouvi-las no repeat por um longo tempo. É algo incrível e que encanta verdadeiramente. 

Afinal, vale a pena?

Resultado de imagem para domestic na kanojo anime

Sendo mais objetivo aqui, posso dizer que a obra é bem recomendada para quem curte obra de romance com NTR, porque é basicamente isso que a obra carrega ao longo do seu desenvolvimento. Claro que teremos 12 episódios para ver o quanto irão trabalhar a narrativa e até que ponto irão, porém é sempre importante lembrar que é um romance voltado para um público que vai até os 17 anos. 
Claro que se você não for um amante de obras de romance dramático você pode assistir e dar uma chance, porém não ponho fé que você realmente comprará o enredo da série, talvez até o ache forçado e, por esse motivo, não recomendo. 

Nenhum comentário:

Follow by Email